Engenharia Diagnostica

Cada vez mais verifico no mercado da engenharia que desenvolvem serviços de perícia, auditórias e até mesmo, o de consultorias uma grande confusão na fundamentação dos trabalhos desenvolvidos nesta área.

Os profissionais, engenheiros e arquitetos, possuem uma grande dificuldade em direcionar seus trabalhos no desenvolvimento diagnóstico. É porque isso?

A maioria das pessoas conhecem os diagnósticos médicos, porque está ligado a saúde das pessoas, mais o diagnóstico técnico de uma edificação lhe parece estrando, algo sem sentido, porém é a mesma coisa, apenas diferenciando o ser humano de uma edificação.

O engenheiro, o arquiteto que desenvolve trabalhos nesta área, na verdade, dá um diagnóstico da saúde da edificação e aí está todo o diferencial da engenharia diagnostica e que é inexplorado praticamente pela engenharia atual.

Nós técnicos não estamos acostumados a pensar como médicos que investigam doenças que causam mal a nossas saúdes. A engenharia diagnostica entra justamente nessa concepção de raciocínio que é o diagnóstico, não só na normatização, porém, em algo muito mais amplo e fundamentada na expertise profissional e desta forma chegar a engenharia forense, que compreende o conhecimento investigatório e de visão macro da coisa.

É sobre essa engenharia que poucos conhecem e vamos falar mais sobre isso.



Feito com